Esposa e amante são condenados pelo homicídio de marido traído em Criciúma



O Tribunal do Júri de Criciúma condenou nesta quinta-feira, dia 16, os autores do homicídio de José Carlos de Andrade, ocorrido em junho de 2019. Ele foi morto por sua então esposa, Sirley Rocha da Cruz Andrade, que pegou 16 anos de prisão, e do amante dela, José Milton Santos Silva, condenado a 10 anos.

José Carlos foi brutalmente assassinado aos 53 anos de idade com golpes de faca, foice e pedrada, no interior de sua casa localizada no bairro Verdinho. 

A investigação foi realizada pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa DHPP,  da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Criciúma. José Milton, de 39 anos, foi preso dois dias após o crime. Sirley ficou foragida até outubro de 2019, quando foi encontrada e presa.



Fonte Redação: TNSul

Postagem Anterior Próxima Postagem