Pitbull é morto a tiros na praia do Arroio do Silva



Na noite de quinta-feira, dia 16, policiais militares foram acionados para averiguar disparos de arma de fogo na beira mar, ao lado da Plataforma de Pesca Entremares (ponto de referência), na Praia da Meta, em Balneário Arroio do Silva.

O chamado ocorreu por volta das 20h15min e a informação dava conta que foram ouvidos três disparos e foram vistos dois automóveis fugindo pela faixa de areia – um sentido Morro dos Conventos e outro centro do Arroio.

Rapidamente viaturas se deslocaram para o local dos fatos, enquanto outras cercavam as possíveis rotas de fuga.

Durante as buscas, em meio as dunas, o Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) encontrou um cão da raça Pitbull morto ao lado de uma caixa plástica cor de rosa. A PM não soube precisar se os disparos foram efetuados onde o cão foi encontrado, ou se foi abatido em outro local e desovado em meio as duas da Praia da Meta.

Apesar das buscas, os carros suspeitos não foram localizados.


Maus-tratos de animais é crime

Com o objetivo de frear os maus-tratos contra animais, o Presidente Jair Bolsonaro sancionou no dia 29 de setembro de 2020, a Lei 1.095/2019, que aumenta a punição para quem praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais. A legislação abrange animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, incluindo, aí, cães e gatos, que acabam sendo os animais domésticos mais comuns e as principais vítimas desse tipo de crime. A nova lei cria um item específico para esses animais.

Como define o texto, a prática de abuso e maus tratos a animais será punida com pena de reclusão de dois a cinco anos, além de multa e a proibição de guarda. Atualmente, o crime de maus-tratos a animais consta no artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais 9.605/98 e a pena previa de três meses a um ano de reclusão, além de multa.

Lei prevê multa de até R$ 20 mil para quem pratica maus-tratos contra animais em SC

Uma lei sancionada pelo governador Carlos Moisés nesta em 17 de maio de 2021, aumenta a multa para quem comete crueldade contra animais e inclui a proibição de rinhas de galos e de cães, abandono e prática de zoofilia no Código Estadual de Proteção aos Animais.


Fonte: AgoraSul

Postagem Anterior Próxima Postagem