Foi condenado a 18 anos de prisão em Criciúma, assaltante que amarrou e agrediu vítima



Após investigação da Divisão de Repressão a Roubos (DRR/DIC) da Polícia Civil de Criciúma, coordenada pelo delegado Yuri Miqueluzzi, um assaltante, de 45 anos, foi condenado a 18 anos, em regime inicial fechado, além de multa.

O crime ocorreu em junho do ano passado no bairro Lote Seis, quando a vítima foi emboscada com a simulação de negociar um aparelho eletrônico, sendo amarrada e agredida.

O autor identificado pela Polícia Civil teve sua prisão preventiva decretada e cumprida.

“Agora segue recolhido para cumprimento da sentença, negado recorrer em liberdade. O Ministério Público atuou na acusação pela 10ª Promotoria de Justiça de Criciúma. A sentença foi proferida pela 2ª Vara Criminal de Criciúma”, complementou a autoridade policial.

Postagem Anterior Próxima Postagem