Autores do assassinato de PM e mulher são condenados a mais de 32 anos em Criciúma


Os responsáveis pela morte de uma mulher e de um policial militar aposentado, homicídios registrados em maio e junho de 2018, foram condenados em sessão do Tribunal do Júri nessa quinta-feira, dia 11, em Criciúma. 

De acordo com a investigação, os crimes ocorreram nos bairros Progresso e Jardim União e a mando de uma facção criminosa que atua no estado.

As investigações foram realizadas pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil. Um dos criminosos tinha 17 anos na época dos homicídios, mas ficou recluso até a data do julgamento. 

Ambos receberam pena de 32 anos e oito meses de reclusão, julgados por crimes como homicídio qualificado, corrupção de menores e organização criminosa, além de não terem direito de recorrer em liberdade.(Fonte: Engeplus)



Postagem Anterior Próxima Postagem