Gasolina registra redução de preço em Criciúma



De R$ 6,49 para R$ 6,37, ou até R$ 6,24 em postos de bairros. O preço do litro da gasolina comum baixou em Criciúma. Apesar da redução não tão significativa, o reajuste já é motivo de alívio para os motoristas e toda cadeia produtiva que depende do combustível.

Na última semana, o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, disse, durante audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, que a Petrobras não tem o monopólio no setor de combustíveis no Brasil desde 1997 e que, por isso, não é correto responsabilizar unicamente a estatal pelo aumento dos preços.

Convidado para esclarecer as altas nos valores cobrados pelo diesel e a gasolina aos senadores, Silva e Luna disse que a estatal responde por apenas uma fração dos preços do combustível no Brasil. Ele lembrou aos senadores que empresas importadoras têm participação no mercado e na formação de preços. Entre exemplos de grandes importadoras de diesel e gasolina, ele citou Vibra, Ipiranga, Raízen e a Atem.


Postagem Anterior Próxima Postagem